Saúde do Idoso: conheça as 7 doenças mais comuns da idade

samelblog
30 de março de 2021
Aperte o play e escute este artigo na íntegra!

As doenças fazem parte da vida e acometem pessoas de todas as faixas etárias. Mas é na terceira idade que elas surgem com mais facilidade, devido a baixa imunidade e falta de cuidados ao longo da vida. A saúde do idoso precisa de atenção e é por isso que nós vamos abordar esse tema hoje.

Leia o artigo que a Samel Planos de Saúde preparou e conheça as doenças mais comuns em idosos. Veja também as causas, fatores de risco e os tratamentos para cada uma delas. Acompanhe!

Saúde do idoso: 7 doenças mais comuns

Muitas doenças surgem como consequência da falta de cuidados no percurso da vida. Mas outras têm a ver com processos degenerativos que ocorrem naturalmente em pessoas idosas. Continue a leitura e saiba mais!

1. Diabetes

A diabetes tipo 2 está associada ao excesso de açúcar no sangue proveniente da má alimentação. Costuma surgir por volta dos 40 anos e, se não for controlada, pode desencadear cegueira, insuficiência renal, doenças cardíacas, AVC, entre outras comorbidades.  

Nos idosos, o controle da diabetes deve ser redobrado, já que o quadro de saúde pode variar com mais facilidade. Para controlar a diabetes, é importante investir na prática de atividades físicas e no controle da alimentação. 

É importante também fazer avaliações médicas regularmente, a fim de monitorar a saúde e garantir mais qualidade de vida.

2. Hipertensão arterial

A hipertensão arterial pode ocorrer por diversos fatores. Entre eles está o acúmulo de resíduo de cálcio nos vasos sanguíneos em decorrência da idade. Isso leva à diminuição da elasticidade arterial e consequentemente à elevação da pressão. 

A má alimentação e sedentarismo também contribuem para a hipertensão. São fatores que os idosos podem evitar. 

Quanto ao controle da hipertensão, é preciso alguns cuidados: 

  • Medicação conforme recomendação médica;
  • Exercícios físicos;
  • Alimentação saudável;
  • Evitar fumo e bebidas alcoólicas;
  • Acompanhamento médico periódico;
  • Monitoramento da pressão arterial.

3. Mal de Alzheimer

Também conhecida como doença do esquecimento, o Alzheimer é uma enfermidade que afeta mais de 4% da população idosa. No Brasil, existem cerca de 1,2 milhão de casos da doença, sendo a maior parte deles ainda não diagnosticada.

Os primeiros sintomas costumam surgir a partir dos 50 anos, com sinais nem sempre associados à doença. A perda progressiva dos neurônios causa inicialmente lapsos de memória que pioram ao longo do tempo até o completo esquecimento. 

A doença não tem cura, mas existem maneiras de retardar o comprometimento, com terapias e exercícios de memória, atividades físicas, entre outras. 

 

Confira também:

7 exames preventivos que todo homem deve incluir na rotina

É a hora certa de fazer um teste de audição?

Com que frequência devo fazer exame de vista?

4. Mal de Parkinson 

O parkinson é uma doença que acomete cerca de 200 mil pessoas só no Brasil. Ela é uma das principais doenças degenerativas, que causa, entre outros sintomas, tremores, enrijecimento de articulações e músculos e lentidão. 

Os primeiros sinais surgem a partir dos 50 anos e podem progredir com o passar do tempo. 

Com o diagnóstico, é possível tratar os sintomas com o uso de medicamentos e acompanhamento fisioterapêutico e psicológico, garantindo maior qualidade de vida para o idoso. 

5. Catarata

A catarata nada mais é do que a perda da transparência natural das lentes dos olhos. É uma das principais causas de cegueira do mundo, tendo como principal sintoma a visão embaçada, que atrapalha o desenvolvimento de atividades simples do dia a dia. 

É uma doença bastante comum entre os idosos e tem grandes chances de cura. Basta realizar uma cirurgia que retira a lente comprometida e substitui por uma artificial. O procedimento é simples e muito eficaz. 

Em geral, a recuperação requer alguns cuidados nas primeiras semanas e o resultado da correção pode durar a vida toda. 

6. Osteoporose

Trata-se de uma doença que ataca os ossos, deixando-os mais frágeis e suscetíveis a acidentes. É uma das principais causas de quedas e fraturas em idosos. Um dos fatores de risco é a deficiência de cálcio no organismo, comum na terceira idade. 

Em geral, é possível prevenir o surgimento da osteoporose investindo em alimentos com alta concentração de cálcio, como leite e seus derivados, além de legumes e cereais que favorecem a formação do nutriente.

Caso o exame de rotina aponte deficiência de cálcio no organismo, o médico pode prescrever medicamentos para a reposição. 

7. Cânceres 

Nos homens idosos, o tipo de câncer mais comum é o de próstata. A doença ocorre devido ao inchaço da glândula prostática, comum na andropausa, a partir dos 50 anos. Nessa idade, é recomendado ir ao urologista pelo menos uma vez ao ano. 

Quando o câncer de próstata é detectado a tempo, existem grandes chances de cura. 

Já nas mulheres idosas, o mais comum é o câncer de mama. A incidência da doença cresce progressivamente conforme o passar dos anos, com ênfase depois dos 50 anos. 

Isso ocorre devido ao acúmulo de exposições no decorrer da vida, potencializado pelas inevitáveis alterações biológicas.  

A boa notícia é que quando descoberto a tempo, o câncer de mama em idosas tem grandes chances de cura. Na maioria das vezes, o tratamento segue o mesmo padrão que nas mulheres mais jovens.

De uma maneira geral, é importante que homens e mulheres recebam acompanhamento médico regularmente ao longo da vida, com atenção maior a partir dos 50 anos. 

Quanto maior o cuidado, mais saúde e melhor qualidade de vida na terceira idade. 

Este artigo ajudou você? Agora que você já conhece as doenças mais comuns na terceira idade, leia outro destaque voltado para a saúde do idoso: A importância dos exames preventivos na 3ª idade

IdosoSaúdesaúde do idosoterceira idade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

As doenças fazem parte da vida e acometem pessoas de todas as faixas etárias. Mas é na terceira idade que elas surgem com mais facilidade, devido a baixa imunidade e...

As doenças fazem parte da vida e acometem pessoas de todas as faixas etárias. Mas é na terceira idade que elas surgem com mais facilidade, devido a baixa imunidade e...

MAIS LIDAS

Resultados apontam redução no tempo médio de internação, no número de mortes e na realização ...

A nova cepa do coronavírus foi identificada no Reino Unido, mas já está presente em ...

Samel trouxe dicas de especialistas para te ensinar como recuperar olfato e paladar perdidos ...