Carboidrato faz mal à saúde? 7 mitos e verdades sobre alimentação

samelblog
29 de março de 2021

Você já teve receio de incluir carboidratos no seu prato? Se sim, dá para entender. Alguns alimentos são tidos como verdadeiros vilões da dieta. Mas nem sempre isso faz sentido. Mitos e verdades sobre alimentação ganham proporções gigantes e podem influenciar de forma positiva ou negativa. 

É para esclarecer alguns equívocos sobre os alimentos que a Samel Planos de Saúde desenvolveu este artigo. Nós vamos mostrar o que de fato procede e o que não procede a respeito da alimentação. 

Descubra os mitos e verdades que envolvem esse tema!

7 mitos e verdades sobre alimentação

Antes de continuar a leitura, é importante saber que nem todos os tópicos terão uma resposta taxativa. Afinal, muitas pessoas são intolerantes ou possuem alguma condição que impede o consumo de determinados alimentos. 

O que pode ser benéfico para a maioria das pessoas, pode não ser para grupos específicos. Saiba mais!

1. Leite prejudica o organismo  

Depende. Para os intolerantes à lactose, ele pode ser perigoso. Mas, para a maioria das pessoas, o leite está longe de ser uma ameaça. Ele possui inúmeras propriedades essenciais para o organismo, como o cálcio, fósforo e magnésio.  

Um mito associado ao alimento diz respeito ao surgimento de cânceres devido aos hormônios da vaca que passam para a bebida. Embora as substâncias cheguem ao líquido, o organismo humano não é capaz de absorvê-las. 

Na realidade, os benefícios do leite são muitos, sendo o principal deles a concentração de cálcio, substância que previne o surgimento de osteoporose. Além disso, há indícios que a versão integral do alimento reduz o risco de doenças cardiovasculares e da diabetes tipo 2.  

2. Alimentos integrais são melhores 

Verdade. Eles contêm fibras, que são nutrientes essenciais para o bom funcionamento do intestino. Além disso, ajudam a controlar o colesterol ruim e o nível de glicose no sangue.  

Os alimentos integrais também são absorvidos mais devagar pelo organismo, prolongando o tempo de saciedade. Portanto, quando for ao supermercado, prefira colocar no carrinho a versão integral dos alimentos. 

3. Aquecer o azeite o torna prejudicial à saúde

Mito. Algumas pessoas acreditam que ele não deve ser aquecido, pois o calor elimina suas propriedades e o torna prejudicial ao organismo. 

Na verdade, para que isso ocorresse, o azeite teria que ser submetido a uma temperatura muito intensa e por tempo prolongado, o que definitivamente não acontece durante o preparo normal de uma refeição. 

Na fritura, por exemplo, a perda máxima de antioxidantes chega a 20%. Sendo assim, dá para aquecê-lo durante o preparo e ainda aproveitar bastante seus benefícios. 

Não deixe de conferir:

Qual a relação entre saúde e qualidade de vida?

Conheça os Perigos do Colesterol Alto

4. Prato colorido é mais nutritivo 

Verdade. Quanto mais colorido e natural for o prato, mais nutritivo ele é. Nutricionistas explicam que um prato com alimentos diversificados concentram também diferentes vitaminas essenciais para o organismo. 

Os alimentos de cor laranja, como a cenoura, concentram betacaroteno, uma importante substância formadora de vitamina A. O verde do brócolis, couve e alface são fontes de fibras e ajudam a formar a vitamina K. Os verdes mais escuros concentram nutrientes como ferro, cálcio e ácido fólico. 

Outras cores, como o marrom do feijão, o branco do arroz, o vermelho do tomate e o roxo da beringela também ajudam a formar um prato rico em vitaminas. Aposte nessa ideia!

5. Trocar sal comum pelo rosa baixa a pressão

Mito. Embora as pessoas costumem achar que o consumo de sal rosa (também chamado de sal do Himalaia e sal gourmet) seja menos prejudicial, isso não passa de um equívoco. 

Estudos do Centro de Pesquisa em Alimentos (FoRC), da USP, mostraram que as duas versões do sal possuem níveis de sódio praticamente idênticos. Ou seja, não importa o tipo, é sempre importante não exagerar nas pitadas.

Pessoas com hipertensão, principalmente, precisam ficar atentas. Sal rosa não ajuda a baixar a pressão. 

6. Chá ajuda a emagrecer

Verdade. Os chás, em geral, são termogênicos e ajudam a perder calorias. Mas isso depende de uma combinação de fatores. Não adianta tomar bastante chá e nas principais refeições consumir pratos hipercalóricos. 

O chá só ajuda a emagrecer quando existe uma adequação completa do cardápio. Para começar a consumi-lo com finalidade de emagrecer, é importante consultar o seu nutricionista. 

7. Carboidrato faz mal à saúde

Depende. O carboidrato fornece altos valores em energia e é um dos principais macronutrientes, portanto essencial para o funcionamento do organismo. Na verdade, o “vilão” é a quantidade de carboidrato consumida. 

O consumo exagerado desse alimento pode acarretar o aumento de gordura e, consequentemente, de peso. Além disso, aumenta os níveis de triglicerídeos, um dos causadores da diabetes tipo 2

Por isso, os especialistas indicam o consumo moderado deste alimento. Nada de exagerar nos doces e massas, hein!

Agora que você conhece os mitos e verdades sobre alimentação, analise a sua dieta  e faça as adaptações necessárias. Leia também: Qual a Diferença entre Nutrólogo e Nutricionista?

alimentos saudáveisdicas samelmitos e verdades sobre alimentaçãomitos sobre alimentação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

Você já teve receio de incluir carboidratos no seu prato? Se sim, dá para entender. Alguns alimentos são tidos como verdadeiros vilões da dieta. Mas nem sempre isso ...

Você já teve receio de incluir carboidratos no seu prato? Se sim, dá para entender. Alguns alimentos são tidos como verdadeiros vilões da dieta. Mas nem sempre isso ...

MAIS LIDAS

Resultados apontam redução no tempo médio de internação, no número de mortes e na realização ...

A nova cepa do coronavírus foi identificada no Reino Unido, mas já está presente em ...

Samel trouxe dicas de especialistas para te ensinar como recuperar olfato e paladar perdidos ...